Friday, September 11, 2009

Mesmo com 6 séculos...

Senhora, partem tão tristes
meus olhos por vós, meu bem,
que nunca tão tristes vistes
outros nenhuns por ninguém.

Tão tristes, tão saudosos,
tão doentes da partida,
tão cansados, tão chorosos,
da morte mais desejosos
cem mil vezes que da vida.
Partem tão tristes, os tristes,
tão fora de esperar bem
que nunca tão tristes vistes
outros nenhuns por ninguém.

[João Roiz de Castelo-Branco]


... continua a ser lindíssimo!

1 Comments:

Blogger Dark Night Walker said...

Não conhecia o poema. É de facto lindissimo! Quase que custa a acreditar que tenha sido escrito há tanto tempo.
Abraço

September 15, 2009 12:33 PM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home